• Home
  • /
  • Indies
  • /
  • Trajes Fatais – luta 2D em pixel arte feito por brasileiros!

Trajes Fatais – luta 2D em pixel arte feito por brasileiros!

Misturar cultura brasileira com jogos de luta é boa ideia? Claro! e é assim que se formou Trajes Fatais.

Em uma breve introdução da história e o contexto que se passa o jogo, a produtora brasileira Onanim define Trajes Fatais como um jogo de luta 2D em pixel arte . A trama se passa em uma festa a fantasia em que os personagens ganham poderes de acordo com os trajes que vestiam.

Em fase Beta (que pode ser baixada aqui), o jogo dispõe basicamente de modo versus, sendo melhor usufruída por dois jogadores locais. Conta com quatro personagens: Lucy Fernandez, Lourenço Sombra, Cristiano Martins e Lucy BSide.

Falando um pouco sobre a jogabilidade, o game possui apenas 1 botão de ataque que combinado com a movimentação do personagem executa diferentes golpes,combos e especiais.

Interessante também a forma que é aplicada a barra de vida dos personagens.São 5 “orbes” que vão se esvaziando até se quebrarem sequencialmente. Isso faz com que não haja a possibilidade de combos infinitos.

Com dublagem profissional, cultura remetendo ao Brasil, trilha sonora legal, e alguns easter eggs ( na fase do parque, podemos ver o pessoal do Carreta Furacão dançando ao fundo no canto esquerdo) podemos dizer que Trajes Fatais se mostra como um Game de luta com um futuro promissor pela frente.

Veja um vídeo com um pouco da jogabilidade.


E aqui um vídeo com um dos desenvolvedores.

Gostou do jogo? Você pode ajudar a torná-lo real contribuindo com a campanha no Kikante!

No vídeo abaixo toda a campanha é explicada e como você pode ajudar esse game BR!


A meta de financiamento é de 120.000 reais e possui conteúdo extra que será adicionado de acordo com os valores estipulados forem alcançados.

Ficaremos torcendo para campanha atingir seu objetivo e iremos acompanhar o desenvolvimento aqui no Dojan!

A campanha vai até o dia 20/08/2016  e você pode saber mais neste link.

Fontes: Onanim studio

Comentários

comentários